• Rafael Gloria

Entre retratos


- Aqui a gente era meio novo ainda, tu se lembra?


-Lembro, acho.


-Qual era nossa idade mesmo?


- 15, ou 16…


- Sério? Parece mais.


- Pois é, naquela época a gente parecia velho mais cedo.


- Acho que eram as roupas, né? As cores vistas agora, não sei. Fotografia tem disso.


- A gente era e não é mais, né...Não sei se me reconheço ali.


- A foto dá algumas pistas, olha o teu sorriso parece o mesmo, lembra um pouco o do teu pai..


- Tu acha? Deve ser a única coisa que a gente tem em comum…


- E eu? Pareço com a minha mãe?


- Não, não vejo muito da tia em ti, que bom, acho…


- Haha, que sacana você.


- Mas é a verdade, teve sorte...


- Melhor guardar esses álbuns...


- Eu gosto de ficar olhando, gosto de imaginar se tivesse feito algumas coisas diferentes, besteira, eu sei...


- Ah, eu também, mas não quero ficar pensando nisso agora…


- Tá, o tempo tá bonito, vamos lá fora…


- É, sempre há tempo de alguma forma, ou outra.

31 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Coluna - Objetivas Ficcionais

Olha o que nós fizemos O barulho alto do ventilador faz eu não te escutar. Essa é a principal função dele no momento - mais do que evitar o calor. A principal função do meu ventilador é eu não ouvir v

Ponteiros ao contrário

Lembra? Quebramos o relógio e depois juntamos os pedaços. Tentamos de novo e de novo Nada deu certo. Por que será? Não era nosso objetivo fazer o mundo girar. O tempo passa rápido, ininterrupto. Agora

Meia noite volta

Meia noite e meia quando Júlio levantou, pôs as calças e acendeu a luzinha fraca, que agora ficava perambulando majestosa, se alargando por todo o quarto. Silêncio voava sob o apartamento e ele sem so