• Rafael Gloria

Décima quinta carta - De Marielle Franco para o Coletivo "Bastardos da Puc-RJ"

Olá, tudo bem?



Na foto acima você vê a grande Marielle Franco.


O episódio novo de "Quando Chegou Carta, Abri" aborda a ideia da tão famosa "Carta Aberta", que parece tão em voga, ainda mais com as redes sociais. Ela tem um interesse, sobretudo, coletivo, e objetivo de expressar normalmente um protesto em relação a algum problema social.  A carta aberta, então, pode ser usada para deixar evidente um problema de interesse público, assim como alertar ou conscientizar. 


Nesse sentido, vamos ler uma carta da intelectual, socióloga e política Marielle Franco para o Coletivo "Bastardos da Puc-Rio", do ano de 2017 , em que ela fala sobre sua experiência na instituição e encoraja os alunos do Coletivo, a maioria oriunda da periferia e bolsistas, a seguir seus estudos e resistir às adversidades encontradas pelo caminho.


Quem mandou matar Marielle? E por quê?


Você pode apadrinhar o nosso podcast! Isto é, pode contribuir financeiramente para mantê-lo no ar, e fortalecer o nosso trabalho na deriva das cartas. O link e esse e tem várias recompensas, --> https://www.padrim.com.br/quandochegoucarta

Se você gosta desse podcast, compartilhe em suas redes sociais, ou mande para amigos, ou, ainda, siga a gente no instagram --> https://www.instagram.com/quandochegoucarta/

5 visualizações0 comentário